A publicidade sempre nos dirige a novas possibilidades, um bom “piloto” tem o nome de Claudio Loureiro

A propaganda marca sua importância entre as atividades humanas desde os primeiros gritos dos comerciantes ávidos por vender seus produtos. Hoje, com os atuais projetos publicitários que promovem no potencial consumidor o desejo de adquirir um produto ou serviço e obter soluções para suas necessidades, só se pode vislumbrar uma longa e renovada vida à publicidade.

A relevância que a propaganda ganhou no âmbito da economia, a criação e modernização de suas técnicas e o que veio a ser chamado de plano de propaganda, no entanto, só surgiram e amadureceram ao longo das décadas de mil e novecentos, período em que se mostrou como uma espécie de criadora e criatura dos recursos de comunicação, dada sua capacidade de utilização das tecnologias comunicacionais disponíveis, ocupando de maneira espetacular os espaços da TV, das rádios e, em seguida, da internet, ampliando o público consumidor dos produtos e serviços e obtendo respostas numa velocidade surpreendente.

A propaganda não só responde a demandas por consumo, mas as cria, e seu peso é significativo na incorporação de tendências e comportamentos de consumo, à medida que propõe soluções.

Atualmente, elencar um grupo de grandes empresas de publicidade é algo difícil, dado o grau de profissionalismo e, dentro dele, a capacidade inventiva e a versatilidade temática que nos revelam em suas inteligentes peças publicitárias que são veiculadas.

É inegável, porém, que algumas delas se destacam.

Um bom exemplo é de uma agência que escreve sua história há mais de 27 anos, possui 100% de seu capital nacional, traz em seu currículo o título de uma das 30 maiores agências do Brasil, atribuído pelo Ibope-Monitor, e prêmios internacionais em cidades como Nova York, Cannes e Londres. Trata-se da Heads Propaganda, do reconhecido publicitário brasileiro Claudio Loureiro.

Fundada em Curitiba – PR, onde mantém atuação, hoje tendo Claudio Loureiro como presidente, a empresa possui agências criativas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Reúne algo aproximado a 200 funcionários, dentre os quais grandes profissionais com larga experiência, passagem por agências de renome e execução de importantes projetos.

A empresa Heads Propaganda atua em projetos de clientes das mais variadas áreas. Petrobras, Caixa Econômica Federal, Caixa Seguradora, Unimed, Arbor, Positivo e Boticário são apenas alguns exemplos do porte das empresas que lhe confiam projetos.

Se a arte e a publicidade inevitavelmente dialogam, embora com finalidades diferentes, a Heads Propaganda do Claudio Loureiro se diferencia no mundo publicitário quando busca estreitar diálogos ao expandir seus projetos para as áreas da arte e da cultura. A Participação de Claudio Loureiro no espetáculo “A Night with Janis Joplin”, exibido na Broadway, é um bom exemplo desta inserção promissora.

Ser considerada por 3 vezes consecutivas uma das melhores empresas de publicidade do Brasil para se trabalhar, não é um reconhecimento que se conquista tão facilmente, senão com muito empenho, criatividade, ousadia e muita perspicácia para composição de um naipe de profissionais dos melhores. E o Claudio Loureiro parece ter um bom “termômetro” para identificar e acolher talentos com expertise comprovada.