O que não pode faltar no seu Plano de Negócios – com Flavio Maluf

Quem deseja dar início às atividades de um negócio, seja ele um produto a ser vendido, um serviço prestado ou mesmo uma franquia, deve elaborar um plano de negócios. Este documento é fundamental no planejamento e previsão do passo-a-passo que deverá ser posto em prática durante o início do empreendimento. Além disto, possibilita ao empresário a análise das ideias e seus potenciais comerciais e financeiros durante sua implementação, cita o empresário Flavio Maluf.

Um plano de negócios bem estruturado auxilia o empresário a definir seus objetivos e alinhá-los com a realidade. Por outro lado, o plano de negócios também possui a função de atrair e cativar investidores, sócios, fornecedores, instituições bancárias ou quem quer que seja seu público-alvo. Desta forma, o documento deve prezar pela simplicidade, objetividade e realismo de modo que todos os seus objetivos possam ser alcançados.

Cada plano de negócios é único, não devendo tomar como referência outros documentos de empreendimentos semelhantes. Atualmente é possível obter na internet diversos modelos de plano de negócio, porém, é comum o surgimento de dúvidas referentes aos detalhes que devem ser incluídos no documento, o tempo necessário para obtenção das informações e, ao final, se o plano cumpre seu objetivo.

De modo a clarear as dúvidas do empreendedor listamos os pontos de maior importância que devem constar no plano de negócios.

1.Sumário executivo (Resumo)

O sumário executivo localiza-se no início do plano de negócios. Trata-se de um resumo direcionado ao público-alvo: investidor, sócio ou fornecedor, por exemplo. Segundo reporta Flavio Maluf, para elaborá-lo você de perguntar a si mesmo quais sãos seus objetivos e como eles serão alcançados.

É importante ressaltar que este é o “cartão de apresentação” do seu documento. Por isto, preze pela clareza e riqueza de informações, mas não se alongue demais. Duas páginas devem ser suficientes para esclarecer suas ideias ao leitor.

  1. Estratégia de mercado

A definição das estratégias de mercado é fruto da análise minuciosa do mercado. Neste ponto o empreendedor deve perguntara si mesmo se o produto ou serviço que pretende disponibilizar irá preencher uma lacuna existente ou irá apenas acrescentar ao que já existente no mercado.

Tópicos como: descrição do mercado, objetivos estratégicos, descrição dos produtos e serviços, tecnologias utilizadas e análise do público-alvo e da concorrência não podem ser ignorados, reporta Flavio Maluf.

3.Equipe de gestores

Destacar os envolvidos no projeto é importantíssimo. O documento deve apresentar as habilidades, características e experiências profissionais do idealizador do empreendimento e sua equipe de gestores. Conforme noticia Flavio Maluf, também neste capítulo o documento deve estabelecer os processos operacionais da futura empresa.

4.Planejamento financeiro

Quando se trata de dinheiro a atenção deve ser redobrada. Todos os detalhes e nuances devem ser devidamente explicados e mantidos no patamar mais realista possível. Devem ser incluídos todas as informações referentes aos custos; despesas; investimentos; empréstimos; projeções de receitas; fluxo de caixa; indicadores; além de uma previsão de para os próximos três anos, suportada pelas informações acima.

A seção financeira do plano de negócios é de grande utilidade não apenas para os leitores, mas também para o empresário, como norteador do projeto, reporta Flavio Maluf.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *